Edificação do bairro da Musgueira Sul

550827_124289341041253_1166689328_n[1] 181824_124315851038602_191442308_n[1]554589_124285411041646_921465236_n[1]

0001_M[1]

Fotos do Arquivo Municipal de Lisboa

1.7.1968– Habitações provisórias tipo A-B-C _ desenho das janelas e portas e Traçado esquematico das redes de aguas

O bairro da Musgueira Sul é caracterizada pelo conjunto de edificação de pequenas casas de alvenaria, modestas, mas com o mínimo indispensável de forma a nelas viverem seres humanos, todas as casas eram amplas, tinha uma sanita / pia a um canto (casa-de-banho), num outro canto a chaminé ( cozinha), dentro da habitação via-se a cobertura, era de telha-vã.

3507751[1]   A69236[1]

Cada agregado dentro da sua disponibilidade financeira, foi requalificando o interior dos fogos municipais, com a instalação de redes agua canalizada, esgotos e instalação eléctrica, construção do muro exterior, divisões no interior, no fundo foram criando um sentimento de pertença da sua casinha.

Com o passar dos anos, as habitações vão sofrendo alterações realizadas pelos seus locatários e assim o bairro vai perdendo a sua traça inicial, tudo isto se deve um pouco ao facto da tipologia das habitações, estas pela sua pouca área não correspondiam às reais necessidades da população.

A escassez de espaço era a questão mais falada. Uma das acusações que era proferida pela população era o facto das casas não terem sido correctamente concebidas numa perspectiva ergonómica e antropométrica.

Mais tarde algumas familias encontram a solução de dotar a casa com um 1º andar, soluções improvisadas que contribuíam para melhorar um pouco mais a qualidade de vida.

Musgueira Sul JBA 16

João B. Antunes

Anúncios
Categorias: Bairro, Lisboa, Lumiar, sociedade | 3 Comentários

Navegação de Posts

3 opiniões sobre “Edificação do bairro da Musgueira Sul

  1. Pingback: Edificação do Bairro da Musgueira Sul | Bº da Cruz Vermelha LUMIAR

  2. Delfina Tarrinha Ribeiro Ventura

    Boa tarde Sr João agradeço a informação aqui prestada sobre a nossa saudosa Musgueira Sul, onde tudo era diferente.Apesar de haver muitos problemas as pessoas eram muito mais amigas umas das outras.
    Gostaria de partilhar uma informação que talvez já seja do seu conhecimento mas como não faz alusão a tal aqui fica.
    Eu sou do tempo da criação da Musgueira sul,viviamos numa correnteza de barracas na Azinhaga Entre Muros, que começava perto onde era a entrada grande da Mata e subia por ai acima,eram 28 casas sendo a ultima habitada pelo sr Casimiro mais conhecido por portista da rua L,tambem conhecido pelas pessoas que habitavam essas casas pelo T’vinteoito.
    Delfina Ventura

    • bcvlumiar

      Boa tarde
      Sr.ª Delfina, grato pela informação recebida. É importante o contributo de todos,o que é importante é que a história do bairro da Musgueira Sul não se perca, é importante, criar um fio do tempo rico em recordações e factos que construíram e continuam a construir, dia-a-dia, a nossa história.

      Não sou de longe a pessoa que conhece toda a historia, nasci em 70, mas é importante recolher todas as pontas soltas, conheço o “O portista” o vinteoito que eu conheço, morava na Musgueira Norte.

      A noção de partilha faz crescer um verdadeiro sentimento de pertença ao bairro,

      Bj
      João

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Blog no WordPress.com.

%d blogueiros gostam disto: